STRAPON DILDO VIBRADOR STRAPLESS

Strap-on Sem Cinta, Conheça o DUO, Vibrador Strapless da pantynova

Strapon sem cinta? Conheça o famoso strapless!

Transar com strap on é incrível e a gente ama demais! É uma coisinha diferente no sexo entre as meninas e pode ser usado para a prática do pegging entre os casais héteros, mas não é porque uma coisa já é boa que ela não pode melhorar, não é mesmo? De uns tempos para cá as cintas do tipo strapless tem ganhado muita popularidade, bora saber mais sobre o assunto?

Strapon? Nunca nem vi.

Como não amade? Strapon é aquela cinta “maravilinda” que pode ser usada por todes nós para penetrar o parceire. Feitas dos mais diferentes materiais, pode ser uma calcinha, um sunguete ou uma cinta mesmo e na parte da frente um dildo é encaixado, caso o modelo já não tenha um fixo.

As peças que não possuem prótese fixa tem a vantagem de que você e o parceire podem variar tamanhos, diâmetros, cores, formatos, vibrações e potências. Quem tem limite é município, a gente gosta é do exagero e no caso aqui, o exagero é de tesão.

Nossa, tá calor aí também? Enfim... RETOMANDO...

Bastante procurada por mulheres que amam mulheres, esse acessório se adapta a todes os corpos e desejos, seja para a penetração anal, vaginal, e porque não, oral. E por falar em penetração anal, você já leu nosso artigo em como fazer sexo anal sem dor ?

No entanto, querides leitores, seu uso não se restringe as meninas! Ah, não mesmo, a cinta strap on faz muito sucesso entre os casais hétero também, até porque a gente sabe que prazer anal não tem a ver com orientação sexual ou gênero.

Se você até curtiu, mas está achando que essas alças e fitas são muita informação para você, talvez prefira os strapons sem alças. Estamos falando dos STRAP LESS.

Strapless? Nera strap on?

Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, strap on é um tipo de acessório e strapless é um acessório diferente, e eu te digo o porquê: strapless é uma cinta sem a cinta. Isso mesmo, você entendeu direitinho sim!  Uma cinta SEM cinta.

Talvez você esteja se perguntando como o strapless vai se prender ao seu "corpictho" se ele não tem alças para a sustentação, mas calma que eu te conto: strapless é um dildo duplo, que pode ou não ser vibrador, e ele estabiliza dentro de você, na byonceta, enquanto você penetra o parceire no cool ou na ppk, a parte menor do dildo penetra você, TO TODA ARREPIADA JÁ !!

A vantagem aqui, além de você também ser penetrade durante o sexo, te proporcionando ainda mais prazer e como não tem tecido algum é pele com pele só você e o mozão, livres leves e soltes.

E sem qualquer alça, amarra ou tecido o dildo strapless se torna uma extensão do seu corpo, potencializando toda a intensidade das peles se tocando, o calor, o suor, a liberdade dos movimentos e das posições... Credo, que delícia.

Ain, agora eu quero. Mim dêêê

Claro que quer e é claro que nós temos VIBRADOR STRAPLESS para vocês amades, vem comigo conhecer o DUO, um vibrador para casal!

O DUO é um dildo duplo com vibrador, feito em silicone e com 9 velocidades, esse toy ainda possui controle remoto tornando a brincadeira entre o casal ainda mais moderna e interessante, é a prova d’água e tem bateria recarregável.

Sim! O DUO é tuuuuudo isso: encaixa perfeitamente na sua ppk com uma textura aveluda, vibra, penetra você e o crush e ainda dá para brincar com a intensidade da vibração com o controlezinho maroto que pode ficar com você ou com o parceire, o limite é a sua imaginação.

O formato ergonômico e flexível do DUO possibilita diferentes posições para você fazer sexo com o crush, brincarem, curtirem, se divertirem e claro, gozarem porque é por isso que a gente está aqui e é disso que a gente gosta, E MUITO.

E se vocês gostam de inversão, amade... A hora é agora, porque o DUO é PER-FEI-TO para o pegging.

STRAPON DILDO VIBRADOR STRAPLESS

Pegging? Onde? Como assim?

Pegging nada mais é do que a prática da penetração anal feita pela mulher no homem, popularmente conhecida como inversão casal e nada tem a ver com a orientação sexual de quem está sendo penetrado, tá? Bom deixar claro que Pegging não é “coisa de homem gay”, pelo contrário para ser considerado pegging sempre teremos uma mulher comendo o cy de um homem. Ui.

E como a próstata é capaz de fazer o homem gozar loucamente e o uso do DUO facilita muito que isso role, você me pergunta, a gente vai deixar uma fonte tão gostosa de prazer de lado por puro preconceito? CLARO QUE NÃO.

E se você está achando aí que isso é muito novo e moderninho pro seu gosto fique sabendo que a penetração anal é conhecida desde a época da Grécia antiga, havendo registros até mesmo na mitologia: o todo poderoso Hércules teve que dar a bundinha pra Rainha Ônfale enquanto usava os vestidos dela, sabia? Pois é, além do pegging, rolou um cross dressing. Fica a Dica

Moderno mesmo só o termo “pegging” que foi cunhado pelo colunista norte americano Dan Savage em 2001. 

E agora que a você já entendeu direitinho a diferença entre strapon e strapless, já sabe o que é pegging e que o DUO é perfeito para isso, é hora de dar asas a sua imaginação e por em prática as suas fantasias sexuais.

Tô vendo daqui você tode saliente, viu? Já está imaginando uma maneira de usar o DUO para fazer sexo com o crush? E como vai ser? Vai criar aquele clima... Uma bebidinha, um dos nossos contos eróticos, a mão boba que de boba não tem nada... Tá aí, gostei.

Que tal incorporar a dominatrix que há em você e não só fazer o pegging,mas também partir para a dominação e o BDSM? Não que a prática do pegging seja exclusiva para quem curte esse fetiche, mas se quiser, pode, e não só pode como deve. Porque se tem uma coisa que mulher pode, é poder.

Aha ahulll tô indo ali comer um...

E aí, foi bom pra você?

Agora que você já é dona e proprietária de mais esse conhecimento e está mais poderosa ainda, bora começar a explorar essas novas sensações?

E fica tranquila, te garanto que o nosso envio é totalmente discreto, só você vai saber o que tem na sua encomenda. Afinal, o sigilo é a garantia do replay né non?

Não se esqueça de que um bom lubrificante a base d’água faz toda diferença.

Depois conta pra gente sobre a sua experiência, se já fez ou tem curiosidade nesse fetiche, vamos trocar figurinhas e segredinhos. Conta para mim que eu não conto para ninguém.

Beijinhos

Texto por: Madame Te