CONTO ERÓTICO SININHO DE NATAL

Sininho de Natal

Conto Erótico - Sininho de Natal

Prefere ouvir? 👩🏻‍🎤 Não tem problema, clique play👇  e ouça o conto erótico narrado por nós.

Vou surpreender Theo com um presentinho de Natal incrível... Eu!

Sim, eu mesma! Segundo a mãe dele e os amigos? “A melhor coisa que já aconteceu na sua vida” então por que não? Sei que não estamos oficialmente juntos, mas ele é o mais perto do que estive de um namorado, então - depois de treze anos - usarei minha calcinha adquirida em 2008 numa viagem em família para o exterior.

Discreta, a calcinha é uma graça! Tem um furinho no cóccix com um sininho dourado em cima e um “Hohoho” em baixo. É, não pude usar antes, mas sempre a guardei para presentear um homem digno desse buffê! E Theo é o cara. Me olho no espelho ajustando a calcinha, apreciando os laços do novo espartilho vermelho. Sei que ele gosta do meu lado selvagem, o que me deixa energizada e feliz em realizar fantasias sexuais com ele nos últimos meses.

A maquiagem e o cabelo, junto da luva de seda branca fazem uma ótima fantasia. Hora do show! Pego o embrulho de presente colocando meu chapéu. Volto para a sala no salto alto onde ele me espera. Não sou modelo mas definitivamente pareço que estou indo no desfile da Victoria's Secret.

-Peguei seu presente- digo de costas para ele- você tem alguma ideia do que pode ser?

-Nenhuma- responde rindo - mas estou bem curioso.

Ando até o meio da sala me posando de costas em sua frente, com a mão na cintura e empinando a bunda para balançar o sininho.

-Feliz Natal - falo rindo olhando para ele.

-Uau- diz se ajeitando no sofá- mas o que é isso? - Theo se ajeita ficando perto e segurando minha bunda com uma palmada forte mordendo os lábios de tesão.

-Gostou?- digo safada - sou todinha sua.

Ele me vira de frente deixando o umbigo na altura de seu rosto enquanto seguro o embrulho na mão deixando ele ainda mais curioso.

-Agora sinto que o meu presente é uma droga- fala passando as pontas dos dedos nas costas das minhas coxas, provocando arrepios gostosos- O que é isso ai?

Entrego para ele o embrulho sentando em seu colo e entrelaçando meus braços em seu pescoço. Theo abre e começa a rir quando vê o but, o vibrador anal que tanto falei para ele.

-Finalmente vou usar isso nesse teu cuzinho?- ele ri apertando minha cintura.

-E tem controle remoto- respondo concordando.

Ele segura o but enquanto explora a textura sedosa e suas vibrações com o controle remoto, sendo possível usar em qualquer lugar, até mesmo em sua banheira.

-Obrigado- diz beijando minha bochecha- você é definitivamente o melhor presente de Natal.

-Obrigada por me dar o meu perfume favorito- digo envergonhada.

-Eu adoro esse cheiro em você- ele passa o braço por trás da minha cintura e me deixa mais colada nele- Eu adoro tudo em você na verdade.

-Também adoro tudo em você- respondo me grudando nele.

Theo coloca o presente de lado e me puxa para começar um amasso. Sentada em seu colo, ele explora meu corpo me deixando com vontade de me esfregar inteira nele.

-Levanta- pede com a voz de tesão já sabendo que finalmente iria rasgar todo o embrulho.

Ele me posiciona de frente, beijando minha barriga exposta usando a língua e me fazendo gemer. Ele continua sua pequena exploração pela área, lambe e me come com uma fome atiçando a leoa que rugi dentro do meu peito! E Deus, como ele me faz rugirrrr...

-Uhmmm... que gostoso- digo sentindo sua língua descer pela púbis e molhar o tecido da calcinha ralando na pele inchada me fazendo tropeçar no salto e o sininho tocar.

-Yes, my lady- ele fala em um sotaque inglês engraçado me fazendo rir e me virar de costas para ele.

-Você nem olhou a parte mais importante- digo fazendo bico para a minha bunda para ele olhar a calcinha.

Ele segura minha cintura e a puxa em sua direção fazendo o sininho mexer ao mesmo tempo que sinto sua mão descer ali de novo.

-Veja o cofrinho no meio do buraquinho - digo empinando a bunda. Theo morde minha bunda.

-Você ficou linda nessa calcinha, nem precisamos tirar.

Theo puxa e enfia a língua no furinho começando a lamber e lubrificar meu cóccix e anus enquanto massageia a parte da frente com os dedos. Ele pede para que eu abra as pernas enquanto coloca a calcinha de lado e sinto sua língua chupar toda a minha bunda.

-Vamos para o quarto assim posso desembrulhar meu presente inteiro e ainda brincar com ele.

Theo pega o pacote com o but e levanta me jogando em seu ombro, me fazendo rir. Chegamos no quarto e ele me joga na cama subindo em cima de mim para um beijo gostoso e grudado. O calor do final do ano faz nossos corpos ficarem suados –Adoro como ele beija minha orelha... meu pescoço... meus seios e me masturba ao longo de todo o processo. Ele é feroz e eu também, por isso nos damos tão bem.

-Linda demais- diz beijando a minha barriga e indo em direção a calcinha- quero você gozando na minha cara.

Theo tira sua camisa e respira minha calcinha me deixando ainda mais molhada. Sinto ele morder minha púbis ao mesmo tempo que sinto seus dedos massagearem os lábios, fazendo eles pulsarem sobre o tecido. Ele afasta a calcinha para poder me lamber com gosto sentindo todos os nervos me acordarem e me fazendo gemer cada vez mais alto. Minha perna esta aberta e seus braços me seguram pela cintura tornando o oral ainda melhor. Ele pressiona o púbis quando começo a tremer e sua língua fica mais molhada. Seus dedos encontram o ponto G me fazendo derreter molhando seu rosto e os lençóis, gritando com o êxtase.

Agarro os lençóis até ele sair dali pra me beijar inteira e depois se deitar ao meu lado para que eu possa degustar do pós, deixando meu corpo entregue ao colchão e ele satisfeito. Quando olho para ele com a respiração normalizada, ele volta a me beijar.

-Deus! Eu já gozei e ainda estamos de roupa. Quero ficar pelada. Agora!

Ele abre a calça jeans e me levanto para tirar o espartilho mas Theo não deixa.

-Meu presente. Eu desembrulho- diz me fazendo concordar e me virar de costas para ele começar a desfazer o trançado da parte de trás.

Ele me abraça, beija meu pescoço e me desembrulha enquanto passa suas mãos por todo o meu corpo, mantendo no final a calcinha e o sutiã.

-Vamos usar esse negocinho aqui?- diz pegando o pacote que estava jogado na cama- Empina essa bunda gostosa para mim- ele pede batendo em minha bunda, fazendo o sininho soar.

Eu me jogo na cama de quatro, levantando o bumbum bem empinado e esfregando minhas pernas uma na outra para que o sininho soe novamente. Ele segura minha bunda com as duas mãos e cheira minha calcinha fazendo eu entrar no clima de novo.

-Você é tão cheirosa...- sinto seu dedo começar novamente seus trabalhos ao mesmo tempo que afasta o tecido para começar a brincar com o but ainda desligado.

Gemo de tesão ainda empinada em sua direção, quando sinto as vibrações serem ativadas fazendo o meu corpo tremer. Olho para ele safada, mordendo os lábios, então o vejo lubrificar o brinquedo para depois começar a coloca-lo na minha bunda. Sinto o brinquedo entrar e vibrar meu corpo todo.

Theo bate na minha bunda depois que ajeita a calcinha e me vira de frente para ele puxar meu sutiã para baixo pronto para dar aquela mamada! Ele mama ao mesmo tempo que sinto as vibrações e meu Deus! Como é bom! Estou delirando com o prazer e só quero sentir seu pau me preenchendo enquanto ele me chama de safada e me beija gostoso.

-Quero você dentro de mim- peço gemendo.

Ele sai dos meus seios e se esticando até a mesa de cabeceira pega a camisinha. Ele tira a cueca e coloca para fora seu pau delicioso para enfiar rapidamente a proteção. Theo se enfia gostoso em mim, sentindo seu pau me preencher tornando essa junção algo muito forte, me deixando desnorteada de prazer! O but e ele juntos fazem algo incrível no meu corpo e eu começo a ofegar pedindo que ele vá devagar, mas o lento acaba me fazendo gozar mais rápido e então entro no looping dos orgasmos múltiplos.

Meu corpo parece entrar em um estado automático deixando meus pensamentos desconexos, me permitindo apenas sentir o prazer se arrebatar em gritos que Theo abafa me beijando.

-Caralho que gostosa...

Ele pega meus pulsos e prende em cima da minha cabeça, enquanto ele continua com as estocadas e alterando as vibrações com o controle. sinto ele gozando forte dentro da camisinha enquanto seu suor banha meu corpo junto ao dele. As vibrações ainda estão ativas mas os dois estão jogados na cama recuperando o fôlego do melhor sexo que tivemos até agora! Ele me abraça fazendo carinho nas minhas costas enquanto dou beijos em seu peitoral.

Theo me olha sorrindo e me da um selinho antes de retirar o but e joga-lo para o lado desligado. Ele se deita de frente para mim me olhando em êxtase. O brilho no seu olhar me deixa feliz e plena, dando uma sensação diferente de tudo o que já senti com alguém.

-Eu te amo - ele diz

-Eu também te amo- respondo

-Eu não sabia o quanto esse presente era o que eu queria...

Ele me puxa para que eu fique em cima dele de novo me fazendo rir.

-Namora comigo?

- me pede eu aceito beijando ele novamente, nos fazendo voltar a nos enroscar um no outro.

No final a calcinha realmente estava guardada para um potencial namorado.

Texto por: Catharina Ferrari

Que tal seguir o nosso podcast e receber notificações a cada nova publicação? Assine o nosso canal no Spotify, ITunes ou Google Play, é grátis! Clique no ícone abaixo para assinar.