Pizza Sabor Vingança

Conto Erótico - Pizza Sabor Vingança

Prefere ouvir? 👩🏻‍🎤 Não tem problema, clique play e ouça o conto erótico narrado por nós.

Era verão, eu lembro que a minha família toda estava preparando as coisas para o natal e virada de ano. No meu trabalho também, ninguém mais trabalhava… Só se falava da festa de fim de ano e nada mais. O clima natalino estava instaurado e não tinha como escapar daquela onda. Eu como sou do contra nunca gostei de final de ano, mas fazia o meu melhor para manter o meu sorriso falsiane no rosto.

Bom, em uma quinta-feira eu chego em casa exausta e meu telefone toca, sei que é meu noivo pois tínhamos combinado de ir em um barzinho.

Regiane?

Oi amor, tudo bem? Como foi seu dia? Acredita que já colocaram as decorações de natal no escritório? Fui dando oi para o meu noivo seguido de um desabafo longo.

Regiane eu tenho outra namorada e ela está grávida, acabou aqui. O meu noivo, ou ex noivo né, disse e logo desligou o telefone na minha cara.

Sentei na beirada da cama, fiquei lá em choque olhando para o telefone e esperando que ele tocasse de novo. Tinha que ser uma pegadinha, 6 anos de noivado tinham acabado assim? Eu fiquei em silêncio por pelo menos 40 minutos olhando para a tela do meu celular e esperando que ele tocasse novamente, mas não, isso nunca aconteceu.

Seguido do silêncio vieram as lágrimas, a revolta e a fúria. Passei a noite e madrugada ligando para o seu telefone mas ninguém atendia. Cheguei ao ponto de sair de casa as 4 da manhã e ir até a sua casa, mas não tinha ninguém lá, e mais, tinham colocado uma placa de Vendido no portão da casa…

Aquele filho da puta planejou se livrar de mim como se eu fosse um objeto que perdeu a validade, foi tudo premeditado… Lembro de sentar na calçada e chorar até as minhas lágrimas secarem, e devagar fui retomando minha energia e voltei para casa e ainda em choque deitei na cama por volta de 6 horas da manhã e desmaiei de cansaço.

Trim trim, trim trim, trim trim, a porra do telefone tocava.

Alo? Falei com voz grogue de sono

Regiane menina cadê você, hoje era seu dia de enfeitar o escritório e escrever uma frase motivacional. Qual a frase motivacional? Que horas você chega? A Sônia do RH está perguntando se a frase motivacional vai ser sobre natal ou ano novo.

Deixa eu falar com a Sônia? Pedi.

Claro, mas tá tudo bem? Minha colega respondeu.

Por favor, chama a Sônia. Insisti ainda com voz grogue.

Regiane, cadê você? Qual sua frase motivacional? Eu não posso fazer por você, hoje é seu dia e você tem que fazer isso. Sonia foi logo falando sem nem perguntar como eu estava.

Sônia, você pode por favor pegar a caneta e anotar?

A frase é VAI TOMAR NO CU, UM POR UM, TODOS VOCÊS ENFILEIRADOS COM O CU PRONTO PARA SER ENRABADO PELO MEU DEDO. SUA FILHA DA PUTA A MINHA FRASE MOTIVACIONAL É VAI SE FUDER SEUS PORRRASSSS. Gritei, o meu coração foi despejando palavrões através da minha boca e eu desliguei o telefone.

Virei para o lado e dormi, acordei com uma enxaqueca de outro mundo e logo me dei conta que além de solteira agora eu provavelmente também estava desempregada. Choices né amores. Então levantei, tomei um banho e resolvi pedir uma pizza…

- De Frango com borda recheada de catupiry, a, e me manda um petit gateau também.

- Algo mais senhora? A moça me perguntou

- Eu por acaso tenho voz de senhora? Argumentei, eu estava atacada, pronta para brigar com alguém. Ela então ficou em silêncio e pediu desculpa, e disse que em alguns minutos a minha pizza chegaria.

Enquanto a pizza não chega eu vou trocando de canais, quando de repente paro em um filme que está rolando uma cena bem quente. É um filme hetero em que a mulher está massageando as costas do rapaz, os dois estão nus e repletos de óleo.

Gente que porra é essa na televisão essa hora?! Digo perplecta enquanto vejo aquela cena rolando na televisão às 10 horas da noite (sim, eu dormi o dia inteiro). Me dou conta que estou sozinha na minha casa, e então resolvo que aquele filminho merece uma chance… A cena vai esquentando cada vez mais e eu também.

Visto um baby doll de cetim, sinto os meus mamilos ficando durinhos e então decido tocar eles de leve… Como quem não quer nada, sabe? Daí sinto um fogo arder dentro de mim, e decido colocar os meus seios para fora… Lambuzo os meus dedinhos de saliva e vou brincando com os meus mamilos enquanto a mulher do filme vai massageando as costas daquele homão… Ai que gostoso, eu então dou beliscadinhas na pontinha deles e vou sendo tomada por um tesão tão forte.

No filme a mulher então pega umas pedrinhas de gelo e vai passando na lombar do homem, eu então curto a ideia e vou até a cozinha. Pego uma pedrinha de gelo e também brinco com os meus mamilos… É tão gostoso sentir esse geladinho, enquanto passo a pedrinha de gelo em um mamilo, com a outra mão eu vou apertando e massageando o meu seio esquerdo… Ai que delícia, que gostoso…

Behhhhhhhhhhhh - a campainha toca

Eu me assunto, a pedrinha de gelo cai entre as minhas pernas e aquele friozinho na xoxota ativa um tesão ainda maior dentro de mim, um desejo louco! Eu então levanto do sofá correndo e vou até a porta. Me ajeito rapidamente em frente ao espelho e abro a porta.

Oi! Que rápido! Falei enquanto estendia as minhas mãos para pegar aquela pizza maravilhosa!

Regina?!

Que? Respondi assustada olhando para o entregador.

Sou eu! Ricardo! Chefe do Leandro (meu ex noivo), da empresa Design Mais!

Ué, o que você tá fazendo entregando pizza?

A Pizzaria é do meu irmão, só tô ajudando ele hoje! Que coincidência! Ele disse todo feliz!

Pois é o Leandro e eu terminamos ontem, não faz nem um dia na real… Mas não quero pensar nisso, aliás, quer comer pizza comigo?

O convidei para jantar comigo, queria alguém para desabafar e além disso eu precisaria dividir aquela pizza imensa com mais alguém.

A não eu tô cheio de entregas, meu irmão vai me matar!

Nem um pedaço? Perguntei.

Hmm.. tá bom vai!

Eu então peguei a pizza e a levei para a cozinha, quando voltei ele estava sentado vendo aquela cena de putaria na televisão.

Nossa você viu que absurdo essa putaria na televisão a essa hora! Disse fazendo a loca

Pois é né... Ele respondeu enquanto olhava a marca que o gelo deixou nos meus shorts.

Aff! Exclamei mas fiquei com preguiça de inventar outra mentira.

Grande ou pequeno? Perguntei.

Que? Ele arregalou os olhos.

A pizza porra, quer um pedaço grande ou pequeno?

Grande! Ele respondeu.

Logo cortei um pedaço bem imenso e trouxe para ele e então começamos a conversar sobre amenidades da vida, entre um assunto aqui e outro ali ele acabou perguntando o que havia acontecido entre o meu ex noivo e eu, e eu disse que não sabia…

Ele foi trabalhar hoje? Perguntei.

Foi sim, tava tudo normal, até comemoramos a promoção da Renata

Que ódio, aquele filho da puta estava levando a vida como se nada tivesse acontecido, eu então contei tudo, como ele terminou comigo, que vendeu a casa e que após tantos anos tinha me arrancado assim, desse jeito de sua vida. Ricardo, o chefe do meu ex noivo ficou chocado, e continuamente repetia que não era possível, que ele era um cara super legal e que nunca imaginava que poderia fazer algo assim.

E olha, que eu sempre comentei que ele era muito sortudo em ter você. Você é uma mulher linda, criativa e super companheira. Todo mundo falava bem de vocês e nós torcíamos muito. Nunca imaginei que algo assim fosse acontecer, ele é muito otário. Se você fosse a minha mulher você seria a minha rainha.

Ai Ricardo, que papinho hein, me xavecando bem agora gato?

Não, não, desculpa! Eu sempre te achei uma mulher linda, maravilhosa, uma verdadeira rainha.

Hmmmm... Disse.

Enfim, vou embora, qualquer coisa é só me chamar no WhatsApp.

Não, fica aqui. Disse enquanto puxava ele para o sofá.

Então olhamos para televisão e aquele casal ainda está lá, fazendo um sexo muito mais selvagem do que eu poderia imaginar. Então, decido que é hora de deixar o passado no passado e investir em algo novo. (Cá entre nós, eu sempre tive desejo no chefe do meu marido, já até bati umas siriricas pensando no Ricado algumas vezes depois das festinhas da firma).

O que você faria comigo? Perguntei olhando em seus olhos.

Qualquer coisa que você quisesse… Ele respondeu desviando o olhar.

Eu então levantei, peguei em suas mãos e as coloquei na minha bocetinha.

Então acaricia a minha xoxotinha e bem gostosinho. Eu disse com voz de safada. E ele foi logo mexendo os seus dedos grossos e pesados dentro dos meus shorts e a minha boceta começou a ficar mais e mais molhada. Eu jorrava de tesão.

Posso te beijar? Ele perguntou enquanto me dedava, e então eu sentei em seu colo e começamos a nos beijar muito gostoso. Ele manteve o seu dedo dentro de mim e com a sua outra mão ele acariciava a minha pele e meu rosto.

Mama vai, mama meus seios. Eu disse enquanto passava meus mamilos em sua boca e ele começou a me chupar, acariciar e me dedar, tudo ao mesmo tempo… Que gostoso.

Eu então rebolava em sua mão e sentava com mais força a cada sentada. Ele gemia e falava umas sacanagens bem baixinho…

Que delícia sentir o calor da sua bocetinha, olha só como você tá jorrando em mim… Você tá gostando?

E eu gemia e dizia que sim, e nos beijávamos com fúria e muito tesão. Aaaaaaaaahhh caralho. Gozei, apenas sentando em seus dedos.

Vem aqui, quero sentir você dentro de mim. Disse o trazendo para o quarto. Com pressa fomos para o meu quarto e no caminho fomos tirando as nossas roupas, em poucos segundos fiquei de quatro na cama.

Você gosta assim? Ele perguntou.

Sim, vai Ricardo, deixa eu sentir o seu pau dentro de mim!

Eu ainda não tinha visto o seu pênis, fui nua e fiquei de quatro, com a minha bocetinha melada e aberta esperando pelo seu pênis encaixar em mim. Em poucos segundos senti algo grosso e quente começar a preencher a minha xoxotinha apertada.

Hmmmmmm!!! Gemi alto!

Que quentinha, que delícia a sua xoxotinha, ele ia falando e penetrando a minha vagina. Sentia o seu pau pulsar dentro de mim e parecia ser muito grosso e longo.

Vai mete mais para de me provocar! Pedi e logo coloquei a minha mão em meu clitoris e fui o esfregando bem rápido.

Ricardo colocava tudo e tirava. Colocava tudo e tirava, devagar em um ritmo que me fazia gritar de prazer, a cada penetrada o meu corpo se contorcia de tesão. Eu então comecei a empurrar meu corpo para trás e fomos transando em um ritmo mais violento e frenético.

Vou gozar! Ele avisou.

Não! Ordenei e tirei o seu pau de dentro de mim

Eu me virei e vi aquele pau gigante e grosso pulsando, escorria um líquido de pré gozo e ele foi dizendo que não aguentava mais.

Me come de frente, massageia o meu clitoris enquanto fode. Ordenei!

Ele então me penetrou e começou a dar tapinhas na minha boceta. E eu massageava o meu clitoris, quando percebi a minha xoxota contraia e eu gozei, gozei e gemi muito, muito alto. Ele então aumentou o ritmo enquanto acariciava o meu clitóris e gozou.

Foi uma delícia, daí em diante ele me avisava sempre que ia ajudar o seu irmão e eu pedia pizza, lógico… E ele fazia questão de entregar para mim, fodíamos muito e depois comíamos pizza… Que tesão de homem…

Ah.. mas ainda não terminou não gatinha, isso rolou por muitos meses, eventualmente noivamos e casamos… Cerca de de dois anos depois ele me convidou para ser diretora de desenvolvimento de produto na sua agência de design, e eu aceitei né…

No meu primeiro dia de trabalho entrei no escritório e vi meu ex noivo ali, aquele saco de lixo olhou para mim assustado e começou a mandar que eu saísse de lá, que eu tinha esquecer ele.

Tira a mão de mim, o que você está fazendo? Disse olhando em seus olhos.

Sai daqui! Esse é meu trabalho! Ele falou com raiva e baixinho...

Então esse aqui também é meu trabalho, e agora eu sou sua chefe, então se prepara que agora vai ser muita dedada no cu e gritaria… Disse em seu ouvidinho, bem baixinho.

Em seguida o meu esposo, diretor da empresa chegou e nos viu juntos. Oi amor, você já se apresentou para sua equipe? Meu esposo me perguntou

Ainda não, preciso de um café primeiro… Leandro (meu ex), por favor, traga um café para mim na minha sala, mas não demora muito, tá bom?

E foi assim, meu casamento ia de vento em poupa, nossa vida financeira também, e eu sempre tive um tesão oculto em pisar no meu ex. Eventualmente ele pediu demissão e nunca mais o vi… Ainda bem que saiu, além de ser macho escroto era incompetente.

 

Que tal seguir o nosso podcast e receber notificações a cada nova publicação? Assine o nosso canal no ITunes ou Google Play, é grátis! Clique no ícone abaixo para assinar.


Sugestão de produtos


1 comentário

  • Amei esse conto…tanto nas partes quentes como na parte que ela casou com o cara e pisou no ex amei….que mane sofrer por macho…. segue a vida que ela reserva coisas melhores sempre ….

    Thais

Deixe um comentário!