⚠️ FÉRIAS COLETIVAS DE 21/12 A 04/01
Frete grátis para compras acima de R$ 250

Carrinho Close

Ver Opções

Foda de Departamento

Conto erótico lésbico sexo a três no shopping

Conto Erótico - Foda De Departamento

Prefere ouvir? 👩🏻‍🎤 Não tem problema, clique play e ouça o conto erótico narrado por nós.

4:00 da manhã e o despertador toca, é fim de ano então eu tenho que chegar cedo no trabalho. Levanto apressada, tomo um banho rápido e saio de casa correndo para pegar o primeiro ônibus em direção ao Shopping aqui da cidade. Entro no ônibus, sento e escuto algum podcast para animar a minha manhã e me preparar para mais um dia cheio de estresses e dramas.

Sim, muitos dramas. Eu sou estudante de moda mas todo final de ano eu pego um trampo no shopping para ajudar na renda da minha família, então eu trabalho na parte da manhã e tarde, e de noite vou para faculdade. Chego em casa e mal durmo, nessa época do ano eu tenho em média 4 horinhas de sono mas tudo bem, tenho convicção que isso é passageiro.

Vale-presente digital Pantynova

Enfim, eu não gosto de acordar cedo, mas a vantagem de pegar o primeiro ônibus é que ele é vazio, então posso sentar dibouas e curtir o caminho. Na verdade o único dia que não é vazio é aos sábados, isso porque tem todo aquele pessoal bêbado voltando dos clubes e bares da cidade, mas isso nem me incomoda, eles estão sempre brincando e fazendo piadas, acho até divertido ver essa galera toda cagada voltando para casa.

Pois bem, era sábado, e como de costume, em poucas paradas o ônibus foi se enchendo de meninos e meninas bêbadas. Aquele pessoal estava pra lá de bagdá, e eu fingia estar escutando música mas na real eu estava prestando atenção na conversa de duas meninas que sentavam na minha frente.

- Ai menina eu estou bêbada demais, que Baygon foi aquele que bebemos na festa?

- Ai colega não sei mas eu também estou travada, será que eu posso dormir na sua casa?

As meninas conversavam entre si, e eu estava tentando entender se elas eram só amigas mesmo, pois eu notava que a que sentava na esquerda mordia os lábios enquanto falava com a sua amiga.

- Pode sim, fica no meu apartamento!

- Tá bom, se a minha mãe me ver assim estou fodida, preciso comer algo.

- Então vamos no shopping e depois vamos para casa.

É, pela conversa imaginei que era só amigas mesmo e perdi o interesse. Liguei a música e fiquei vendo meu instagram enquanto o ponto não chegava. Mais algumas paradas mais tarde vi elas levantando e eu também levantei, aquele era o ponto de ônibus mais perto do Shopping, e de lá eu ia andando.

Elas estão bêbadas e descem apressadas, brincam uma com a outra no caminho e eu vou atrás, apenas observando aquelas jovens esfomeadas irem em direção ao shopping.

EU PRECISO DE UM MCDONALDS uma delas gritou, e a outra então disse que preferia frango frito. E todo o caminho elas foram discutindo se queriam comer hambúrguer ou frango.

Eu ria né, me lembrou a época em que eu era solteira e saia por aí fazendo essas doideiras, mas enfim, eu não faço mais pois namoro um menino que conheci na faculdade, e tanto ele quanto eu trabalha e estuda muito, e acabou que deixamos os nossos amigos e ferveção de lado.

Mas ok, voltando, as meninas então entraram no Shopping e eu fui para a loja de departamentos que trabalho. Chegando lá me troquei, coloquei o uniforme e fiquei fingindo que estava trabalhando.

- Vou tomar um café e comer um pão de queijo, já volto! Avisei e fui em direção aos restaurantes.

Chegando na praça de alimentação me dou conta que é muito cedo e todos os restaurante e cafés estão fechados. De longe também vejo aquelas duas meninas tirando um cochilo em uma das mesas enquanto os lugares não abrem.

Decido ir ao banheiro, entro na minha cabine, sento e fecho a porta. Enquanto faço xixi vou lendo as notícias quando de repente alguém empurra a porta do banheiro principal com força.

Fico quieta, seguro o xixi e entro no modo ATENTA. Que porra foi essa? Logo começo escutar gemidos e barulhos de beijo.

- Ai gente, quem resolveu fazer um banheirão bem agora enquanto estou aqui? Eu não sabia o que fazer, então terminei o meu xixi e delicadamente fui abrindo a porta da minha cabine. E…. Pasmem…

Sim, as duas meninas bêbadas estavam lá, se pegando como duas animais. Dava para sentir a energia sexual delas de longe, elas pareciam nem se importar se alguém iria ver elas ou não pois nem entraram na cabine, estavam tirando as suas roupas lá mesmo, no meio do banheiro.

- Me deda, me deda vai, enfia os dedinhos dentro de mim. A morena foi dizendo enquanto tirava a blusa e ficava completamente nua no banheiro.

- Vem delícia põe a bucetinha na minha cara que eu vou te dedar e xupar ao mesmo tempo.

E então uma colocou a boceta no rosto da outra, e as duas gemiam cada vez mais alto. Eu confesso que nunca tinha visto sexo lésbico na minha vida, e aliás, nunca achei que tivesse desejo por mulheres, mas aquela trepada e naquele contexto foi me deixando muito excitada.

O sexo delas ia ficando mais agressivo e eu apenas observava, elas estavam tão sem pudor que até 69 fizeram.

- Eu coloco a minha xoxotinha molhada na sua cara, e você na minha, tá bom? Vamos fazer um 69 bem gostoso, quero sentir a sua xoxota quentinha na minha boca.

E a conversa delas também, elas foram falando cada vez mais putarias e transando bem gostoso.

Resolvo me tocar, abaixo a minha calça expondo a minha bucetinha e enquanto as observo pela frestinha da porta eu vou tocando o meu clitóris e explorando a minha vagina. Percebo que estou muito mais molhada do que imaginava, e o deslizar dos meus dedos na minha boceta melada me deixa ainda mais quente.

Enquanto elas se chupam eu coloco um dedinho na minha boceta e com a outra mão dou apertadinhas no meu clitóris, eu preciso gemer mas não posso, e então paro um pouco. Vejo mais do sexo delas e já não posso me segurar, eu também preciso gozar.

Vou apertando um seio e com a outra mão metendo os meus dedos e brincando com meu clitóris. Aquilo é muito gostoso.

Hmmm dou uma gemidinha baixa mas elas não ouvem, e então eu continuo as observando chupar a boceta uma da outra enquanto eu me masturbo. Decido que vou enfiar dois dedinhos na minha boceta, e então eu agacho e os efio em mim enquanto uso a outra mão para massagear o meu grelinho.

Olho para baixo, vejo as minhas mãos serem tomadas pelos meus sucos vaginais. Estou completamente lambuzada e então sento mais nos meus dedos e vou dando tapinhas na minha boceta e… HMMMMM…. Gozo intensamente e alto, não paro e continuo a me estimular.

Ao levantar a cabeça vejo a porta aberta, me descuidei e a porta da minha cabine se abriu, e lá estavam as duas meninas se tocando enquanto me olhavam.

- Nossa gostosa, faz tempo que você tava aí? Que delícia

- Você fica muito molhada né? Olha que lambuzadinha, aposto que a sua boceta é muito gostosa.

Eu então fechei a porta assustada e comecei a me trocar. Meu coração estava acelerado, eu só queria sumir.

TOC TOC TOC , elas bateram na minha porta.

- Calma mana, não precisa ficar com vergonha não. Vem aqui brincar com a gente? Que tal? Eu posso chupar a sua bocetinha enquanto a minha amiga mama os seus seios. Topa? Ela disse entusiasmada do outro lado da porta.

E eu, aquilo tudo parecia um sonho, e eu nunca tinha ficado com uma mina antes, e então logo recusei.

- Desculpa, nunca fiquei com uma mulher antes, acho melhor não. Disse

- Tá bom, você que sabe. Ela respondeu, e logo pude ouvir os gemidos mais uma vez.

Como eu sou curiosa, eu então me troquei e abri a porta levemente para ver o que estava acontecendo. Dessa vez uma delas estava de quatro enquanto a outra chupava e dedada a sua boceta por trás.

- Hmm, dois dedinhos? Você quer dois dedinhos ou uma chupada na sua boceta? Ela perguntava, e a sua amiga gemia cada vez mais alto.

Eu então decidi que participaria daquela grande putaria, apenas tirei a minha calça e cheguei perto delas.

- Senta aqui do meu lado? Ela pediu enquanto chupava a bucetinha da sua amiga por trás. E eu então sentei, e ela chupava a sua amiga me dedava.

- Hmmm.. gemia, e então comecei a brincar com os meus seios.

- Amiga, deita aí no chão, deita que a gente sabe o que fazer. Ela me interrompeu e pediu que eu mudasse de posição, e eu o fiz.

Deitei, estava sem as calças, com a minha boceta quente e pulsante de fora, deitada no chão do banheiro do shopping. E aquelas duas mulher maravilhosas começaram a lamber e tocar cada centímetro do meu corpo.

- Posso te beijar? Uma delas perguntou, e eu disse que sim. E ela então se aproximou e me deu um longo beijo molhado e gostoso. E enquanto a beijava, senti uns dedos abrirem as dobrinhas da minha xoxota e acariciarem o meu clitóris.

Hmmmmm… Gemia alto, e ela então começou a mamar os meus seios enquanto a sua amiga se preparava para chupar a minha bocetinha.

- Você já foi chupada por uma mulher antes? Ela perguntou, e eu disse que não. Ela delicadamente abriu as minhas pernas e enfiou a sua cara na minha xoxota.

Ela chupava e me dedava, e a sua amiga mamava os meus seios. Aquilo tudo era o paraíso.

Hmmmm… Gozei de novo, o meu corpo todo tremia de prazer.

- Calma, peraí. Eu tenho um negocinho pra gente! Uma delas falou super empolgada e foi até a sua bolsa.

- Olhaaaaa, eu tenho um dildo comigo. Ela voltou segurando um dildo de tamanho médio.

Eu então, resolvi perguntar se poderia chupar uma delas, eu sempre tive curiosidade e momento melhor do que aquele não existia. Eu estava com tanto tesão que já nem ligava que estávamos completamente peladas no meio do banheiro do shopping.

- Meninas, posso chupar vocês? perguntei, e elas se olharam e riram e disseram que sim!

- LÓGICO QUE SIM! e então ambas deitaram e abriram as pernas.

- Chupa uma bucetinha de cada vez, o que acha? Uma delas sugeriu, e eu aceitei, claro.

Fui, desci a minha cabeça entre as pernas de uma delas e hmmmmm, que delícia. Fui chupando e me lambuzando toda com aquela boceta saborosa. E a sua amiga então colocou as minhas mãos em sua xoxota.

- Chupa ela e me toca, explora a minha bocetinha. Olha só como ta lambuzadinha.

Eu confesso que nunca havia sentido tanto tesão na minha vida, e logo troquei e fui chupar a outra bocetinha que esperava por mim. Desta vez a dedei, a dedava e chupava, bem lentamente e gostoso.

- Toma, usa o meu dildo nela! A amiga me deu o dildo e eu então comecei a penetrar a sua xoxotinha dela e chupar seu clitóris.

Enquanto fazia isso as duas se beijavam, e eu então comecei a me tocar. Em poucos minutos nós três gozamos, gememos alto e paramos para tomar um ar.

- Meninas preciso ir embora, eu trabalho aqui.

- Onde mana? Ela perguntou, e eu disse o nome da loja de departamentos.

Levantei, me troquei e voltei para o trabalho ainda com as pernas trêmulas… Trabalhei normalmente e fingi que nada aconteceu, não contei isso para ninguém. Guardei esse segredinho para mim. Semana passada as duas vieram até a loja que trabalho e pediram uma mãozinha no provador.

E eu? Eu dei né... Nos chupamos e gozamos muito, amo uma foda de departamento.

 

Que tal seguir o nosso podcast e receber notificações a cada nova publicação? Assine o nosso canal no ITunes ou Google Play, é grátis! Clique no ícone abaixo para assinar.


[productslick title="Sugestão de produtos" handle="dildo" columns_product="4" product_in_list="16" interval="1000"]

Sugestão de Produtos

0 comentários

Deixe um comentário

Todos comentários são verificados antes da publicação